Quinta-feira, 5 de Junho de 2008

SOUSELALENTEJO (DESABAFOS "ENTRE LINHAS")

Caros amigos:

Sousel  encapuzado , escondido, tímido entre as pedras das muralhas do castelo inexistentes mas…presentes. Muralhas que um dia foram destruídas por um propósito. Muralhas que um dia foram as suas pedras aproveitadas para habitações. Habitações que hoje…estão vazias. Vazias de tudo. Vazias de esperança, de conceitos, vazias de valores, vazias de vida. Muralhas que em defesa de um bem estar hipócrita, teimam em ser a defesa principal daqueles que pensam e nada dizem, daqueles que julgam e nada falam, daqueles que falam mas sobre o anonimato. O medo impera. O receio comanda. Silenciam-se perante a credibilidade do que se julga. O silencio vale ouro. O ouro vale fortunas. Fortunas nada são senão…o silencio ensurdecedor daqueles que pensam que não falar, não julgar, não criticar, é a valorização e democratização de valores. Valores que aos poucos e poucos se vão desmoronando tal como as pedras do castelo. Ninguém… simplesmente ninguém. As pedras desapareceram faz décadas, o silencio existe, ontem, hoje e amanhã. Mal daquele que diz, que fala que julga, mal daquele que pensa, que raciocina que critica,. Mal daquele que um dia pensa em escrever o que na alma lhe concede em  pensamentos. Mal daquele que perante tudo e todos põe a publico aquilo que vê, aquilo que observa , aquilo que ouve e aquilo que sabe, aquilo que acha que está mal.  É o pano teatral que tudo cobre para não se ver. É  o palco entristecido do vazio , do solitário, do triste e amargurado. O teatro continua, o teatro está em palco, o teatro actua e conduz simplesmente…ao silencio. Vivam os actores , vivam os comediantes, os dramaturgos , os directores, os autores, os senhores dos anéis , os senhores dos esbranquiçados colarinhos  que nada podem dizer, que nada podem fazer, que nada podem criticar, que nada podem falar…com medo que a gravata caia e o branquinho engomado aonde a mesma se enrola, se suje…numa cor que exteriormente parece tão mal e não se vê, mas que possivelmente por dentro …está imundo. É a voz silenciosa que faz tanto barulho. É a voz silenciosa que faz tanto ruído, é a voz silenciosa da hipocrisia desenfreada que…pensa tanto , que julga tanto, que critica tanto mas que…por medo, nada faz. Eis os novos valores sociais. O silencio, o medo, a hipocrisia , a soberba, a vaidade e presunção.  Deixai-me ser quem sou, deixai-me ser quem quero, deixai-me estar como aprendi, deixai-me ser o que me ensinaram a ser. Deixai-me tentar ser …a verdade e  a justiça, porque dela, por mais que eu perca, a consciência assim me demanda sê-lo. O resto, sim o resto é  um eterno parecer bem que á sociedade fica tão bonito  , mas que aos olhos daqueles que de ignorantes nada têm…fica tão mal…Haja teatro, haja acção, haja actores, haja peça, haja palco. E a vida continua, num eterno parecer bem aos outros, para que dos outros , surjam em palco para mais um dia de teatro. Sobe o pano, a peça começou, desce o pano, as palmas surgem ecoando sobre os actores que são criticados em silencio…mas com muitas palmas. E o teatro vai continuando, com uma peça bem desinteressante mas que , há que mostrar interesse de quem bate as palmas para que …não pareça mal. O eterno malabarismo do parecer bem. Haja silêncio.  Hoje, infelizmente o reforço da Democracia e liberdade…

Gil

                                                                                                           


PUBLICADO POR: carlosgil às 18:21
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
5 comentários:
De JORGE MAGRINHO a 13 de Junho de 2008 às 16:33
o Artur só destrui enquanto cá esteve as fontes que agora custaram uma pipa de dinheiro há junta o Artur é que as devia pagar.................


De Jose Piteira a 10 de Junho de 2008 às 00:02
Amigo , se e que posso chamar ! As pedras do castelo foram derrubados , as fontes toda a envolvência da câmara mesma coisa tudo pelo mesmos actores da mesma cena , acho profundo tudo aquilo que padeces por nosso Sousel , és como és vai em frente penso que se enquadra já nesta época aquilo que em outra época pensava, não estou em Sousel mas adoro Sousel sou filho da terra onde cresci e me fiz homem , atira cá para fora tudo que te vai na alma , assim fossem todos e seriamos de certeza muito melhores !
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Amigo , se e que posso chamar ! As pedras do castelo foram derrubados , as fontes toda a envolvência da câmara mesma coisa tudo pelo mesmos actores da mesma cena , acho profundo tudo aquilo que padeces por nosso Sousel , és como és vai em frente penso que se enquadra já nesta época aquilo que em outra época pensava, não estou em Sousel mas adoro Sousel sou filho da terra onde cresci e me fiz homem , atira cá para fora tudo que te vai na alma , assim fossem todos e seriamos de certeza muito melhores ! <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Ha</A> </A></A>uma fase celebre que se diz que Sousel e a terra do já houve !


De Anónimo a 7 de Junho de 2008 às 10:10
Aqui nesta Terra onde as pessoas Têm medo de falar aquilo que lhes vai na alma, aqui onde existem meia dúzia de pessoas que pensam que Têm o poder e que por isso querem silenciar os outros à força usando os mais baixos estatragemas, mas eu digo como o nosso grande Poeta Manuel Alegre "A Mim Ninguém me Cala", e eu digo então no inicio do Séc.XX alguém, posssivelmente, alguém que estava à frente do nosso Concelho, resolveu derrubar o Castelo, invéns de ter a ideia de lhe fazer obras, pois possivelmente estaria a precisar de obras, não a melhor solução foi derrubá-lo, mas ainda naquela altura tinham desculpa pois ainda não se falava de património cultural nem tão pouco de Turismo, passados muitos anos, mas ainda no Séc. XX, um senhor Presidente de Câmara teve uma "ideia brilhante", destruir todas as nossas fontes existentes em Sousel, porque as pessoas se iam lá suicidar, porque as pessoas de etnia cigana iam lá aliviar as suas necissidades fisiológicas, pronto e assim ficou o assunto resolvido, e o povo deixou, deixou nem sequer moveu uma palha para que tal não acontecesse, eu nesse tempo era muito pequena, de algumas nem sequer já tenho ideia como eram, mas oiço relatos das gentes mais velhas amarguradas porque lhes destruiram o seu património, mas também nada fizeram, alguém lhes deve ter dado algo em troca para as silenciar, e pronto o Senhor mandou construir uma Pousada no cimo da Serra de S. Miguel, para os milinários deste País que vivem à custa do Povo deste País que está cada vez mais pobre, isto até dá graça!! Continuem assim Meu Povo de Sousel Vão no bom caminho, deixem fazer tudo e mais alguma coisa, iludam-se com festas de Carnaval, Com Marchas Populares e outras coisas mais que só servem para enganar e entreter o Zé Povinho, era assim que se fazia no Tempo de Salazar, enganava-se o Povo com Tolices, POIS É MELHOR TER UM POVO INCULTO DO QUE CULTO, É MUITO MAIS FÁCIL DE DOMINAR, UM POVO CULTO É MUITO MAU PARA UM GOVERNANTE, QUESTIONA, NÃO ESTÁ SEMPRE DE ACORDO, NÃO SE DEIXA MANIPULAR NEM LUDUBRIAR, MEU POVO CONTINUEM ASSIM INCULTOS! è por isso que Alberto João Jardim está á tanto tempo no poder, ele também dá muitas festas para o povo da Madeira e pouca LIBERDADE! Outro dia estava a ver uma reportagem na televisão, sobre o famoso Plátano da Cidade Portalegre, que tem 170 anos, andavam a tratrar dele com todo o cuidado, afinal a Câmara de Portalegre considera aquela àrvore um-exlibri da Cidade, e eu Pensei Ainda Bem que Não estás Em Sousel, Porque se Não a Esta Hora JÁ NÃO EXISTIAS, HÁ MUITO TEMPO!


De LUIS a 6 de Junho de 2008 às 10:37
Já que estamos em desabafos!!!, essa da destruição do castelo é normal aqui em SOUSEL pois tudo se destrói e nada se constrói.
E o nosso povo !!! AI O NOSSO POVO, que é capaz de dizer que eu já estou morto estando eu aqui bem vivinho, quanto eu gostava de tentar mudar a cabecinha (mentalidade de pintassilgo) do nosso POVO que chega ao cumulo de dizer mal dele próprio, que levanta falsos e por vezes graves testemunhos..........mas que se pode fazer amigo GIL???
Um abraço


De Maria José Ludovino a 5 de Junho de 2008 às 23:03
Muito profundo...
Mas nãoa cho que seja só em Sousel que exista o silêncio...
O silêncio permite que a vida decorra, sem grandes análises e sem grandes cansaços...
Talvez seja isso que o ser humano pretende: viver cada dia, sem pensar muito no futuro...
Chegamos a uma época que nada existe de novo, aquela ânsia que tinhamos em ir mais além, deixar marca e que percebessem as nossas "entrelinhas", ficou como uma nuance, um leve sorriso, um sonho amornado e talvez deixado para trás...
Quanto a Sousel, sofre aquilo que todas as vilas, aldeias, sitios do interior do nosso país: isolamento...
Envelhecimento e procura de novos rumos noutras cidades, noutros paises até, como a vizinha Espanha!...
Faz parte... Não penses muito... Aceita as coisas, não podes fazer nada... o tempo de criança já passou, aí até aceitavam o "nosso" mau feitio e o querer mudar o mundo... Mas agora estamos noutra "galaxia"...
Vive como puderes e se te deixarem, sendo tu próprio, com a simplicidade e a determinação que te caracterizam... mas não te massacres, porque mundo é mesmo assim... Aproveita o sol, as espigas desses campos dourados, essa imagem de céu azul translúcido com a terra em ouro, que nunca esqueço!
Vive porque a vida passa muito depressa, escorrega como areia por entre os dedos e quando dás conta, já era... morremos!
Gostei do que escreveste...
Mas tenta ir em frente, vira a página!
Um beijinho,
sempre a mesma,
Maria José Ludovino


Comentar post

O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido