Quinta-feira, 14 de Junho de 2012

souselalentejo ( Mais desabafos)

Caros amigos:
Nas empresas deveria fazer-se assim…
Quando as mesmas estão em sérios problemas financeiros, e houvesse lugar a despedimentos, se eu fosse o mais alto responsável pelas mesma decidiria da seguinte forma….
Verificava quem estava em maior grau de dificuldade.
Verificava quem estava na minha empresa, ao nível de casais.
Verificava quem estava sozinho, ou sendo cabeça de casal, e o conjugue não trabalhava.
Verificava quem estava na minha empresa, como casais, marido e esposa, e simplesmente para demitir alguém demitiria um desses cabeça de casais.
Verificava quem estava em dificuldades cujo casal, só um trabalhava para a família. E sabendo que só um trabalhava para a família, jamais o demitiria.
E demitia quem estava realmente em favorecimento de vencimento e de trabalho / e ou seja, se há um casal a trabalhar na minha empresa e eu tivesse de abdicar de um funcionário . simplesmente demitiria , alguém masculino / e ou feminino que trabalhasse para a mesma. E porquê?
Eis a resposta….
Numa empresa minha ao qual um casal trabalhasse para mim, poria e demitiria de imediato, um desses cabeça de casal. E jamais demitiria outra pessoa cujo rendimento por casal é única e simplesmente e pessoalmente o seu vencimento. Ou seja, jamais demitiria alguém que recebe vencimento, cuja esposa, não trabalha. Resumindo. Não posso, não quero, nem quero acreditar que haja despedimentos de pessoas , que sustentam uma família, E que se deixe um casal sem ser nenhum deles demitido, a auferir 2 vencimentos. Sei que mais uma vez vou ser criticado, enxovalhado, e perseguido, mas a minha opinião é esta… Havendo casais inteiros a trabalhar para um empresa e a ter obrigatoriamente que haver despedimentos, há que se pensar em tudo e mais alguma coisa………….Há que pensar nos funcionários cujas esposas não trabalham….e há que pensar nos funcionários cujo casal trabalha para essa mesma empresa….Esse casal que trabalha para essa empresa, um deles segundo a minha mais modesta opinião, é que terá que ser demitido em detrimento de um funcionário que só ele trabalha para a família. Esta é a minha mais modesta opinião, o meu mais modesto comentário, porque as empresas publicas e privadas têm a obrigação agora mais do que nunca de olhar para os seus cidadãos, e contribuintes com olhos de ver.
São opiniões.
SEM MAIS
Carlos Gil

PUBLICADO POR: carlosgil às 06:17
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido