Terça-feira, 24 de Maio de 2011

souselalentejo ( Educação "árrasca")

 Caros amigos:

            Muito já ouvimos falar sobre as gerações, quer a nossa quer as recentes. A minha geração era apelidada na altura pela Ministra da Educação de Geração Rasca. Hoje há quem se apelide a eles próprios de geração “ árrasca.” Contudo apesar do passado do presente e futuro, em todas elas ( gerações) há sempre algo que nos fica em memoria para mais tarde recordar. A minha geração, a geração “ rasca” , era ainda daquelas que bastava um olhar de lado dos nossos educadores, para que nos calássemos e respeitássemos , mesmo que a razão do nosso lado estivesse.

            Presentemente veio a lume um vídeo no Yuou tube, ao qual não colamos endereço pois foi apagado, sobre agressão a uma ( criança de 14 anos) por parte de outras  crianças das mesmas idades, que espancaram, gravaram, riram, deliciaram-se com o espancamento e postaram na internet.

            Esta geração meus amigos, esta geração é uma geração criada por aqueles que foram apelidados de ”rascas” e que possivelmente bem rascas mesmo fomos , ao criarmos estes monstruzinhos, que definição alguma têm a não ser de, autênticos arruaceiros, medíocres, pobres de valores, paupérrimos de condutas e nulidades completas de regras sociais.

            Quem estamos nós a criar? Quem estamos nós a fazer crescer? Quem estamos nós a educar? Quem estamos nós a querermos dia a dia valorizar, sem que qualquer valor tenham?

            Há que repensar. Já postamos neste espaço que a Educação é para os pais e a instrução é para as Escolas e Professores. Parece-me que a 1ª está muito aquém do que se desejaria. Parece-nos que muito falham as orientações familiares. As orientações de regras de valores básicos de boa educação. Falta algo em casa. Falta Formação pessoal, falta Educação, falta transmissão de valores, falta falar, falta ouvir
e falta essencialmente ensinar o bom o mau, o melhor e o pior, o saber estar, o saber dizer, falar , agir, na hora certa e momento certo.

            Desta vez não poderemos sequer mencionar a mediocridade de valores desta nova geração,
pois é impossível descreve-la tendo em atenção o vídeo postado e seguidamente apagado no you tube, mas apanhado pela SIC.  Não venham desta vez os pais acusar a Escola, nem os Professores, porque repetimos…A escola instrui , os pais Educam…

Sem mais

 

CLIQUE......

 

 

Souselalentejo

Carlos Gil

           


PUBLICADO POR: carlosgil às 23:29
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
2 comentários:
De Joaquim Gil a 25 de Maio de 2011 às 12:50
Cada um apresenta, com exemplos próprios, as muitas maneiras de educarmos os nossos filhos, numa coisa todos têm de convergir, é uma obrigação dos pais, nisso concordo plenamente com o C. Gil, mas uma coisa é certa, as mudanças do próprio comportamento geracional, permite certas liberdades que proporcionam por vezes atitudes menos correctas, dou um exemplo de pequenas coisas e como normalmente se faz, recorro à causa própria; tendo dois filhos, um com 38 e outro com 46 anos, ainda nunca ouvi da boca deles, um qualquer dos chamados "palavrões", sabem porquê? é que eles nunca os ouviram da minha, ainda nunca tiveram desabafos do tipo: "parece que é parvo" esse termo também eu nunca lho dirigi, para se educar e ser educado, não é preciso curso académico!


De beatrizrico@sapo.pt a 25 de Maio de 2011 às 02:00
Amigo Gil! peço imensa desculpa mas desta vez não posso concordar na totalidade contigo.
Claro que a educação inicia-se em casa, através dos valores que passamos aos nossos filhos. A escola essa apenas instrui, sem duvida alguma.
No entanto não podemos esquecer que os exemplos vêm sempre da parte mais "alta", se é que me faço entender. Cá em "baixo" apenas damos continuidade aos ensinamentos e directrizes vindas de "cima".
Torna-se mais fácil compreender, o porquê de eu dizer isto, quem tenha dois ou mais filhos e com alguma diferença de idades. Claro que estou a falar do meu exemplo, tenho dois rapazes com oito anos de diferença. Apesar de lhes darmos a mesma educação, de lhes tentarmos passar os mesmos valores, de dialogarmos com eles, etc , etc ... as épocas são diferentes.
Como sabes há coisas que na nossa época, eram permitidas fazer, pelos pais, pelos professores, pelos auxiliares que hoje não são. E essas "coisas", quanto a mim toda a vida foram essenciais à boa educação.
Portanto, a mudança ou a transmissão de valores e outras situações têm que partir dos "educadores Estado"...
Quando é que um de nós dizia aos nossos pais: vou fazer queixa à protecção de menores; não me podes castigar senão faço queixa de ti; não me podes bater senão deixo de ser teu filho, levam-me para uma Instituição.. etc , etc , etc .
Não sei se me fiz entender. E de todo que não concordo com estas agressões ou espancamentos entre jovens.
Isto é apenas a minha opinião, tendo em conta algumas experiências e situações por que já passei.
Muito mais haverá a dizer sobre esta matéria...
Um abraço
Beatriz


Comentar post

O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido