Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

souselalentejo ( Rubrica semanal de Ana Teresa Pina)

 

Na China há provérbios…

Também há chineses…e muitos, dizem que um sétimo da população mundial vive por lá.

Há florestas, desertos, milhares de km de costa e montanhas cheias de neve.

Houve uma das primeiras civilizações do mundo.

A China é membro permanente do Conselho de Segurança da ONU, tem uma das maiores economias do mundo e tem armas nucleares.

Entre 1981 e 2001 reduziram a sua taxa de pobreza de 53 para 8%.

Chama-se República Popular…mas tem um Governo que manda no povo.

Há quem lhe chame superpotência emergente, há quem não goste dela.

Deixando de lado política e religião, pois são temas que, por princípio, não se devem discutir, há, nos provérbios chineses, pequenos nadas que nos ensinam muito…

“Os provérbios chineses são ensinamentos milenares(...)”

Eu gosto dos provérbios chineses…

Hoje li um que diz assim:

“Antes de iniciares o trabalho de mudar o mundo, dá três voltas pela tua casa.”

Sorri…é um daqueles que me faz sorrir…realmente, tanto que se quer fazer na rua e nas vidas dos outros e, por vezes, tanto que deixamos por fazer nas nossas casas e nas nossas vidas.

Mas há mais que me chamaram a atenção, como por exemplo:

"Se alguém está tão cansado que não possa dar-te um sorriso, deixa-lhe o teu."

Ou

"Ama-me quando eu não merecer, porque é nesse momento que eu mais preciso."

Ou

"Volta o teu rosto sempre em direcção ao sol e então as sombras ficarão para trás."

E

"Há três coisas que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida."

 

Serão pensamentos simples, que se ouvem ou lêem como sendo bonitos mas que depressa se esquecem.

É pena que depressa se esqueçam mas bem compreensível porque estas frases tão pequenas encerram demasiadas coisas que implicam muitas outras que nem sempre se conseguem digerir ou mesmo colocar em práctica…senão vejamos com atenção.

O primeiro provérbio de todos, o que me fez sorrir…

Se me debruçar bem sobre o assunto fico triste em vez de sorrir. Penso em todos os anos que vivi da forma errada, em função de coisas e pessoas vãs e que de nada me serviram além de terem sido uma maneira fantástica de me esquecer de mim mesma…então, opto por sorrir e não pensar nele para depressa o esquecer e seguir com a minha vida.

Em relação ao segundo?

Pois, se alguém não me sorrir eu vou logo julgar que esse alguém está zangado comigo, que é mal educado, que se julga superior, etc,etc,etc. Nunca me vai passar pela cabeça que possa ter problemas ou preocupações que nada tenham a ver comigo. Ou seja, quando o ler, vou sorrir de novo por ter lido uma bonita frase mas não vou parar para pensar nele porque isso implica ver a vida pela perspectiva dos outros…e isso é frustrante.

Virar o rosto para o Sol? Sombras para trás? Isso dá que fazer, dá que pensar…nem me vou dar ao trabalho de perceber o seu significado não vá eu ter que me mexer e mudar a direcção da minha vida.

Passemos à frente…

Flechas? Não uso…

Palavras ditas à toa? Não posso? Que maçada…então agora vou ter que pensar no que digo para não magoar os outros? Hum…isso também cansa…

Oportunidades? E ainda por cima as perdidas? Parar para pensar em tudo o que devia ter feito e não fiz? Ai isso é que não…mesmo!

O outro, o que ficou lá para o meio…

Esse comento agora para deixar o melhor para o fim.

Amar alguém é, por definição, uma tarefa complicada. Tenho aprendido isso da pior ou da melhor forma ( ainda não descobri).

Mas amar alguém quando esse alguém não merece…isso sim é um acto sublime!

Implica ver mais além, ver só a prespectiva do outro, ver acima de nós mesmos, sentir o que nunca pensamos poder sentir, é ter a capacidade, a força, a humildade de amar alguém num acto de amor puro, sem condições, sem explicações e sem necessidade delas…

Saber amar alguém só porque esse alguém precisa de ser amado não é para qualquer um nem em qualquer altura. É um trabalho de toda uma vida, de uma grande alma, de um ser humano superior, de quem encontra e sabe reconhecer um verdadeiro amor…

É ser-se gente capaz de escrever provérbios como os chineses…

 

 

Bom fim-de-semana

 

Ana Teresa Pina


PUBLICADO POR: carlosgil às 14:16
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido