Sábado, 6 de Novembro de 2010

souselalentejo( sem titulo)

Caros amigos:

 Quantas e quantas vezes estamos preocupados com aquilo que julgamos extremamente importante? Julgamos ser prioritário, julgamos ser mais importante que tudo o resto. Julgamos ser demasiado importante, julgamos que nada se poderá superiorizar aquilo que lutamos , que falamos, que denunciamos?. Chega uma altura na vida em que começamos a reflectir, sobre tudo isto e mediante noticias menos boas, noticias que nos deixam deveras mais débeis, constatamos que aquilo que anteriormente falávamos, lutávamos, denunciávamos e que tudo púnhamos como prioritário deixava de fazer sentido, tendo em atenção que outras coisas mais , mas muito mais graves se sobrepõem ás que anteriormente citávamos.

Nada se pode superiorizar á tristeza, nada se pode superiorizar á Saúde, á vida, nada se pode superiorizar ao nosso bem estar. Este blog sempre se pôde orgulhar de falar em tudo o que no coração nos vai sem que qualquer nome de nenhuma instituição, nem de pessoa qualquer, viesse escrito neste mesmo. Mas conscientemente sabemos que todos entendem quais, porquê, quando e onde queremos chegar. Tal como sabemos que todos saberão quando e onde queremos chegar com este post. Reflectimos e constatamos que a vida é demasiado importante para que tenhamos nas nossas mentes as “mesquinhices”, que diariamente lutamos. Reflectimos e chegamos á simples conclusão de que tudo o que falamos, poderá não ter qualquer visibilidade, perante a doença, o sofrimento, a dor a nostalgia de quem hoje sofre ou de quem ontem sofreu.

O souselalentejo não define o que é ou não mais importante, apenas também sabemos que num blog, por mais polémico que este seja, os seus autores, sentem, ouvem, sofrem e também são sensíveis a tudo o que nos rodeia. Poderia ser este um post cujo titulo seria “ DESABAFOS”, mas não o será. Será sim um simples texto que poderá querer expressar a nossa tristeza, indignação, o nosso sentimento perante todos aqueles que Deus fez partir sem que autorização pedisse a ninguém, e a todos aqueles que também Deus fez com que fosse este o momento de aflição, cujo futuro, ninguém sabe senão ele próprio. Desejaríamos dar a todos a nossa força, aos que já partiram e àqueles que podem ainda lutar com todas as suas forças, pela vida. A maior riqueza que poderá ter o ser humano. A vida. Foi apenas um desabafo e desculpem-me todos aqueles que este texto não entendam… sem mais…

Carlos Gil


PUBLICADO POR: carlosgil às 15:36
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
5 comentários:
De maria albano a 10 de Novembro de 2010 às 00:09
neste texto, e na vida, só não compreende quem de facto é ignorante, e pensa que certas situações nunca lhe batem à porta. pois bem, os problemas sejam eles quais forem, não batem à porta, muitas das vezes já se encontram do lado de dentro. e quando surgem temos de os encarar e tentar resolver. uns têm solução, outros, infelizmente não. mas quando toca a problemas relacionados com a saúde, esses sim, são de facto preocupantes a 100%. porque sem saúde , nada feito. por isso meus amigos aqui deixo uma sugestão:
de pequenas coisas, muitas vezes banais, não façam dramas, nem compliquem o que não é complicado, não julguem, mas sim tentem sempre arranjar uma esperança, uma saída , um objectivo, porque se ao menos tentarmos já é um bom começo, ao menos tentamos e não ignoramos a situação, seja ela qual for.

muita saúde e felicidades para todos nós.


De Viver Alentejo a 7 de Novembro de 2010 às 10:03
Infelizmente percebe-se bem principalmente para quem já passou por isso ou está a passar...
É pena que tenhamos de chegar a situações extremas para compreender qual o verdadeiro valor das coisas e que, comparadas com o valor da vida, de nada valem... mas a nossa Natureza é mesmo assim.
Vamos aprendendo...



De carlosgil a 7 de Novembro de 2010 às 11:49
É isso mesmo amiga Teresa


De Ana Margarida Pôla a 6 de Novembro de 2010 às 18:33
Compreendi...é quando damos conta com os que estão próximos e parecendo estar bem de saúde e descobrem que afinal ... a vida é frágil, e olhamos para essas situações e pensamos: " pode acontecer a qualquer um, e nós somos feitos da mesma massa..." è quando sentimos que damos demasiada importância a coisas sem importância...e que tudo tem um fim...
Beijocas grandes


De carlosgil a 6 de Novembro de 2010 às 19:31
É isso mesmo. Ana............to da a razão.


Comentar post

O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido