Quinta-feira, 13 de Maio de 2010

Souselalentejo ( Medidas de Austeridade)

NÃO FOI A VISITA DE SUA SANTIDADE O PAPA BENTO XVI QUE FEZ ESQUEÇER/ ABSTRAIR-SE  AO SOUSELALENTEJO DAS MEDIDAS ANUNCIADAS PELO GOVERNO HOJE EM CONJUNTO COM O LIDER DO MAIOR PARTIDO DA OPOSIÇÃO, SOBRE AS MEDIDAS ACORDADAS PARA COMBATER A CRISE ECONÓNICA EM PORTUGAL...

INJUSTIÇA, É O QUE SE TRADUZ DESTAS MEDIDAS PELO SOUSELALENTEJO...

VEJAMOS...

 

            O Governo anunciou hoje as medidas de Austeridade para a consolidação das contas publicas e diminuição do défice. Austeridade  traduzido em linguagem e dicionário português traduz-se por…

austeridade

s. f.

1. Cuidado escrupuloso em não se deixar dominar pelo que agrada aos sentidos ou deleita a concupiscência.

2. Severidade, rigor.

 

            Sendo assim o souselalentejo colará na integra essas mesmas medidas, seguidas da opinião deste blog sobre as mesmas:

           

  • Imposto especial sobre rendimentos dos trabalhadores

Os salários serão sujeitos a mais uma taxa de imposto. Quem recebe um salário mínimo (475 euros) ou menos está isento desta nova taxa. Quem tem rendimentos até 2375 euros (o equivalente a cinco salários mínimos) paga 1% a mais todos os meses - o que representa, no máximo 23,75 euros. Quem ganhar acima deste valor, é taxado em mais 1,5%.

  • Todas as taxas de IVA aumentam um ponto

Os impostos sobre o consumo vão ficar mais altos. A taxa normal de IVA regressa aos 21% e todas as outras aumentam também em um ponto percentual. Ou seja, a taxa reduzida de 5% passa a 6% e a de 12% passa a 13%. O aumento da taxa do IVA é a receita mais utilizada pelos Governos para conseguir baixar o défice. Em 2005, o Governo subiu para 21%, em 2008 baixou para 20%.

  • Empresas pagam mais 2,5 pontos de IRC

Não são só os trabalhadores por conta de outrem que serão chamados a pagar. Também as empresas terão de contribuir para o esforço de consolidação do défice orçamental. Este ano, o IRC a pagar será acrescido de 2,5 pontos percentuais. Até agora, as empresas com matéria colectável até aos 12.500 euros pagavam 12,5%. As restantes estavam sujeitas a uma taxa de 25%.

  • Corte de 5% nos salários dos titulares de cargos públicos

Gestores públicos, autarcas, deputados, reguladores de mercados e responsáveis pelas empresas municipais terão todos o salário reduzido em 5%. A medida foi proposta pelo PSD e o objectivo seria mostrar que todos serão chamados a contribuir. Com esta medida, o aumento de 2,9% dado a estes profissionais no ano passado será mais do que eliminado.

  • Cortes na despesa com autarquias e RTP

Como forma de reduzir as despesas, as transferências para as autarquias serão reduzidas em 100 milhões de euros, bem como a indemnização a transferir para a RTP. Do mesmo modo, haverá uma redução da aquisição de bens e serviços. No total, estes cortes na despesa, juntamente com a redução nos salários, permitirão poupar cerca de mil milhões de euros ao Estado.

 

            Resumindo e segundo a opinião do souselalentejo, traduz-se assim:

           Será justo retirar-se ás Autarquias parte das suas verbas? Ver-se-ão as Autarquias agora com essa diminuição ou não a abraços com problemas sociais ( emprego) ao qual não podem sequer fazer face, tendo as mesmas a obrigatoriedade de olhar  e melhorar a qualidade de vida dois seus Munícipes?

            Mais uma vez são os que menos ganham que têm que pagar a crise económica e porquê?

            Vejamos… Um trabalhador que aufira um vencimento de 500 Euros, verá menos 1 por cento do seu vencimento retirado para pagar a crise. Outro funcionário que aufira um vencimento de 2.000 Euros verá retirado do seu vencimento igualmente 1 por cento. Onde está a justiça?

            Um funcionário que aufira um vencimento superior a 2375,00 Euros verá o seu vencimento reduzido em 1,5 por cento do  mesmo. Meio por cento a mais dos que ganham menos ? É justo? Não é.

            Titulares de cargos públicos..

            Verão os seus vencimentos “castigados “  em 5 por cento. Será justo? Teriam tido em conta as ajudas de custo, as beneficies, que os mesmos auferem pelos cargos que desempenham? Exemplificando… Telemóveis, carro, combustível á conta do orçamento, etc…?

            Pergunta-se…

           -Será justo que alguém que receba 500 Euros por mês pagar 1 por cento isobre o vencimento, gualmente áqueles que recebam 2.000 euros?

            -Onde está o plano austero sobre as grandes empresas? 2,5 por cento…SÓ?

            -Onde está o plano austero sobre as grandes fortunas?

            -Onde está o plano austero sobre as mais valias ?

            -Onde está o plano austero sobre os os ganhos de capital em bolsa?

            -Onde está o plano austero sobre os gestores de cargos públicos que deveriam ser banidos de quaisquer prémios de produtividade?

            -Onde está a fiscalização sobre aqueles que recebem rendimento mínimo?

            -Onde está  o plano austero sobre aqueles que detêm e demonstram sinais exteriores de riqueza e que continuam a receber aos milhares de subsidio do Estado?

            -Onde está o plano austero da verificação e fiscalização àqueles a quem  é atribuído qualquer subsidio estatal, seja de que espécie for?

            -Onde está o plano austero sobre o rendimento mínimo, àqueles que o recebem cujos sinais exteriores de riqueza demonstram que não o deveriam receber?

            -Onde está o plano austero daqueles que recebem subsídios atrás de subsídios agrícolas sem que os mesmos comprovem o investimento desses mesmos na sua actividade profissional? VERIFIQUEM NO SITE DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA OS SUBSIDIOS ATRIBUIDOS, O SEU MONTANTE E VEJEM SE É OU NÃO JUSTO, QUANDO OS MESMOS RECEBEM PELOS SEUS FILHOS NA ESCOLA, SUBSIDIOS ESCOLARES POR FALTA DE CONDIÇÕES ECONÓMICAS. SE NÃO SOUBEREM PESQUIZAR O SOUSELALENTEJO FARÁ ESSE TRABALHO. Mediante isto pergunta-se...será o IRS, A MELHOR FONTE PARA SE ATRIBUIR SUBSIDIOS ESCOLARES? UM FUNCIONÁRIO DO ESTADO JAMAIS PODE FUGIR AOS SEUS IMPOSTOS TENDO QUE DECLARAR MINUSCIOSAMENTE OS SEUS RENDIMENTOS E DESPESAS. UM OUTRO PARTICULAR, MESMO AUFERINDO VENCIMENTOS MUITOS SUPERIORES É OU NÃO POSSIVEL, FAZEREM DECLARAR O MINIMO DE RENDIMENTO? CLARO QUE É, SENÃO NÃO TERIAM QUAISQUER SUBSIDIOS ESCOLARES. PODEMOS PROVAR.

 

            O souselalentejo acha que estas medidas impostas pelo Governo não passam de mais umas medidas para colocar os que menos recebem, a pagar a crise, sobre aqueles que mais recebem, e que da crise, estão-se pura e simplesmente “ marimbando” para se juntarem áqueles que querem resolver um Problema social, denominado de “ CRISE ECONOMICA”.

            O SOUSELALENTEJO TEM A SOLUÇÃO VIAVÉL, JÁ POSTADA, E QUE MAIS UMA VEZ POSTARÁ…

            Rendimento mínimo…

1- Qualquer cidadão que se candidatasse ao mesmo, ou qualquer cidadão que usufrua do mesmo, deveria, efectuar serviço comunitário, com horário laboral, obrigatório.

 2- Qualquer cidadão que se candidatasse a qualquer subsidio do estado, seja ele qual for, EXCEPTUANDO O SUBSIDIO DE DESEMPREGO, deveria ser permitido, a verificação das suas contas bancárias, SINAIS EXTERIORES DE RIQUEZA,  com a finalidade de se saber se realmente necessitam desse mesmo subsidio ou não.

3- Sinais exteriores de riqueza , deveriam ser da parte do estado, verificados para uma maior fiscalização e verificação dos subsídios atribuídos. Mais se poderá acrescentar ao PEC, do souselalentejo…

 

1- Ninguém deveria auferir de rendimento, montante superior ao do Presidente da Republica.

2- Forças militarizadas em fase de progressão e / ou de pré reformas ou de reformas , jamais poderiam auferir um rendimento superior a 2.500 Euros.

3- Qualquer Juiz , Médico,  Militar, POLITICO  ou afim . não deveria ser reformado com um montante superior a 2.500 Euros.

4- Aqueles que usufruem de reformas superiores a 2.500 Euros, o montante restante do mesmo, será retirado da sua aposentação.

5- Jamais a Assembleia da Republica , deveria ter mais do que 100 Deputados…Sejam eles de que partido politico for. 100 Chegam e sobram para o país que temos.

6- Jamais qualquer Administrador de qualquer Empresa deveria usufruir de um vencimento superior ao do Sr Presidente da Republica.

7- Se os mesmos não quiserem tal vencimento, que se dispensem de serviço, pois não faltará quem o queira fazer. Não nos podemos esquecer daqueles que se formaram á distância e em tempo record, denominados hoje de Dr´s, que certamente farão o mesmo  serviço que aqueles que hoje administram as grandes empresas, com cursos crediveis e a a custos milionários. Simplesmente jamais poderiam haver entrevistas pois, o lexico, não seria certamente o mesmo/ ou idêntico...!!!

8- Aumentos salariais congelados porquê?

Bastava que se aumentasse os trabalhadores á moeda e nunca á percentagem...

Pouparia o Estado milhões de Euros... E porquê?

Um funcionário que auferisse de vencimento 500 Euros , com um aumento salarial de 5,00 Euros, passaria a auferir de vencimento. 505,00 Euros... Outro com um vencimento de 1500,00 Euros , passaria a auferir um vencimento de 1505,00 Euros...Justo? Ou não?

Se fizermos as contas a um aumento á percentagem, sobre 2% de aumento salarial, garanto que o Estado ano após ano, chegará ao caus com esta medida. Á moeda, seria mais justo e certamente que embolsaria o Estado milhões de Euros fazendo aumentar os seus cofres, e fazendo juntamente , aumentar o poder de compra dos mais pobres  façe aos mais ricos.

 

Em relação ás obras publicas...

Para que querem os "Portuguesinhos", um TGV, se os mesmos nem dinheiro têm para passar um fim-de-semana a 50 quilometros das suas áreas de residência, quanto mais para viajar até Madrid?

 

Para que querem os "Portuguesinhos" um novo Aeroporto se os mesmos jamais usufruirão do mesmo, tendo em atenção a crise, falta de emprego e consequentemente de salários?

 

Quer o souselalentejo com este pequeno texto dizer o seguinte…

 

 Não podem nem devem ser sempre os mesmos a pagar a crise…Há gente muito grande a valer-se dos seus direitos para fazer com que sejam os mais pequenos a pagar o esbanjamento do que é dado a outrem sem fiscalização, sem orientação e sem verificação.

 O PEC, do souselalentejo, é de fácil execução…Basta para isso que aqueles que se dizem colaboradores de uma reforma economicista com vista á diminuição do défice publico, ao aumento do PIB, á organização e orientação das contas publicas, se unam aos milhares de pequenos Portugueses que obrigatoriamente pela lei que os impõe, se juntem aos mesmos com as medidas acima referenciadas com a finalidade de todos em conjunto trabalharmos em prol da resolução de uma crise económica, cuja culpa , para o souselalentejo, é única e exclusivamente de quem se apodera dos poderes do Estado e da lei …EM BENEFICIO PRÓPRIO…..

Simplesmente jamais  o Estado / ou Governo poderá mexer quer nos militares, quer nos médicos quer nos juízes, pois a monopolização do sistema efectuado pelos mesmos anos a fio, originaria uma crise de dimensões muito maiores àquela que hoje vivemos. e porquê? Os militares, têm armas, cuidado com uma futura revolta. Os juízes sentenciam, cuidado com as sentenças, Os médicos, são poucos. Sendo poucos, cuidado não vá haver retaliações e , de um momento para o outro, paralisam o pais em termos de saúde. Pois o próprio Estado/ Governo, para todo um sempre necessita ( convenientemente)  destes  tal como o pobre do seu "pão para a boca"...

Esperando que ainda haja, liberdade de expressão e opinião, dizemos...

Ao jeito de Fernando Peça…

E esta eim???

souselalentejo ou seja...

Carlos Gil


PUBLICADO POR: carlosgil às 15:12
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
6 comentários:
De Maria joaquina ..cano a 22 de Maio de 2010 às 00:25
Ha grande amigo..so hoje consegui ler este teu lindo e verdadeiro discurso tudo quanto disses-te e verdade por isso te dou os parabens ,um beijo,


De Eu a 14 de Maio de 2010 às 16:56

Boa tarde!
 
Conto de fadas??? Isto mais parece um pesadelooooo!!!!!


De Mário Bernardo a 14 de Maio de 2010 às 10:15
É mais fácil verem no site do IFAP.


De vencerei a 14 de Maio de 2010 às 00:53

Não é preciso ter grandes conhecimentos de economia  , nem saber ler, e muito menos podemos dizer que estamos a ser treinadores de bancada, está clarissimo que estas medidas alem de serem injustas, são muito insuficientes, e tenho a certeza que ainda vai ter de haver uma nova revisão da revisão do PEC.
Quanto a mim, a receita, para o estado em que o nosso país está , é precisamente o contrário da que foi passada pelo governo e infelismente subscrita pelo maior partido da oposição.
Deveria-se sim controlar o lado da despesa, o descalabre dos ordenados chorudos, sem justificação, e diminuir-se o leque salarial.Diminuir-se não digo os gastos mas só se diminui-se o esbanjamento do estado, já não era mau.
Vamos asfixiar ainda mais as empresas, aumentar a taxo do IRC, quando deveria de diminuir, as leis laborais são uma vergonha, não há investidor que resista, por isso os investidores fogem e outros abrem falencia.
A taxa do IVA deveria ser semelhante aos outros paises da UE, pricipalmente ao Espanhol, o mer cado que está mais á mão, agora ainda mais os preços vão compensar e as pessoas vão lá comprar e e o aumento de 1% vai diluir-se nos impostos que não vão ser cobrados.
Reduzam o nº de deputados, a quantidade de funcionários publicos e autárquicos que temos a mais, os chamados empregos ficticios e criiem condições para o aumento do emprego que cria riqueza,
Ponham os tribunais a funcionar tb para os grandes e os politicos, é que está provado que em Portugal o crime compensa.Não há impostos que resistam para os roubos que toda a gente vê, mas que afinal , todos saiem impunes, os processos ficam todos em águas de bacalhau, apenas servem para vender jornais.
As autoridades em vez de lhe darem ordens para a caça á multa, dêm-lhe força para actuarem, é uma vergonha um agente da autoridade ser forçado a fechar os olhos, para não ficar preso em vez do ladrão., não há forças da autoridade a menos como se diz, há é a mais, precisava só de poder ser autoridade.
etc, etc, etc afinal o que estou a escrever toda a gente sabe.
Tenho dito


De @Mota@ a 13 de Maio de 2010 às 16:54
caro amigo Gil enquanto de fala na sua Santidade o Papa e no Benfica, esquece-se, casa pia, freeport, corrupção, aumentos de impostos, desemprego, etc, etc,etc, depois eu pergunto será que vivemos em portugal, ou num conto de fadas ?

MOt@


De carlosgil a 13 de Maio de 2010 às 17:24

            Caro amigo:


O SOUSELALENTEJO NÃO SE ESQUEÇEU...


NUM CONTO DE FADAS SÓ VIVE QUEM QUER….Ou seja só vive quem não quer aperceber-se dos verdadeiros problemas do País.


Estas medidas de Austeridade impostas pelo Governo em consonância com o maior partido da oposição, só me leva a crer que…DIEREITA, E ESQUERDA,  só têm um rumo a seguir, o rumo da imposição Politica Europeísta.


Sem mais


Carlos Gil


 souselalentejo não se esqueçeu...


Comentar post

O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido