Sexta-feira, 19 de Março de 2010

souselalentejo desabafos... ( A moda do Bullying, ou a força da comunicação social.)

A palavra inglesa "Bullying" ainda não tem uma tradução para o português, mas significa valentão, brigão, ameaça ou intimidação e  embora seja ainda pouco conhecida, refere-se a uma prática frequente nas escolas.

A questão que se põe é a seguinte.

Será esta a palavra “Bullying”,  poderá definir e desculpar estados comportamentais agressivos de alguém que , eu ignorantemente chamo de má educação? Será a definição correcta de alguém que tenta pela via da força obter algo, ao qual eu ignorantemente chamo de ( falta de formação pessoal) ? Será esta a definição correcta de uns poucos alunos que frequentemente põem em causa o bom ambiente escolar de outros muitos, fazendo com que esses outros muitos alunos  se sintam diariamente atingidos na sua personalidade/ maneira de ser?

Bom , eu , por mais que queira entender, por mais que tente perceber e por mais que me esforce em compreender, o que nos órgãos de comunicação social, fazem “chover” sobre os ouvintes e telespectadores,  sobre esta tal definição de Bullying, jamais perceberei o que dela querem poucos tirar partido, sem que esses mesmos poucos, “ Bullyinguistas”, sejam  severamente punidos  e castigados, pela definição referenciada.

Na óptica do telespectador, ignorante, tal como eu sou, algo  me vem á memória dos tempos em que eu era aluno e que alguns poucos “ Bullyinguistas”,, pois sempre houveram, se apoderavam de outros muitos alunos, em troca de agressões, roubos, castigos e perseguições, acções essas que eram imediatamente num passado bem próximo, colmatadas e resolvidas  com a autoridade de um conselho Directivo, ou Executivo. Hoje essa Autoridade não existe e não existe pelas mais  variadas razões. A legislação retirou grande força á “ Escola” , aos “ Professores” em detrimento do bem estar do aluno, sejam eles bem ou mal comportados, sejam eles bem ou mal Educados.

 Fico estupefacto e boquiaberto quando vejo nos órgãos de comunicação social,  alguém referenciar/ associar  o suicídio ao “ Bullying”, quer da parte de alunos quer da parte de professores. E porquê? Porque não entendo como é possível, deixar alguém agredir um  outro alguém quer fisicamente quer verbalmente dentro do recinto Escolar ou fora dele, sem que com isso seja severamente punido e castigado, tal como o eram no tempo em que eu era estudante.

Na minha mais modesta opinião, na minha mais humilde opinião, acho que, mesmo não havendo meios humanos em termos quantitativos e qualitativos , de auxiliares, para verificarem situações menos correctas nos pátios escolares, , sei que também há profissionais que diariamente e dentro da sala de aulas , fecham os olhos perante o que hoje é definido por “ Bullyinge”. E fecham os olhos porquê?   Porque simplesmente a legislação não favorece em nada  aqueles que contrariam as acções comportamentais incorrectas, que eu teimo em definir , não de “ Bullyinge”, mas sim de uma tremenda falta de educação . A mesma que se deve dar em casa e que muitos e muitos teimam  em acharem que seja a Escola a proporcionar aos prevaricadores.

Desejo a todos os alunos, os maiores sucessos escolares. Desejo a todos os alunos que se sintam ameaçados constantemente, que se sintam com coragem para  denunciar. Desejo também a todos os professores que saibam estar á altura dos problemas e enfrenta-los cara a  cara, por mais papeis que tenham que preencher, por mais legislação que tenham que enfrentar, por mais trabalho que dê, enfrentem. Aos pais desejo que façam um exame de consciência e de uma vez por todas entendam que não é a Escola que deve educar os seus filhos , mas sim os próprios. Á escola compete formar e instruir, aos pais compete educar.

Este texto é dedicado a uma grande senhora  professora , á minha professora que  em tempos que já lá vão, que aos meus 11 anos de idade, teve a coragem de ter-me dado 6 reguadas , para que eu soubesse qual era o meu lugar. E até aos dias de hoje essas 6 reguadas serviram-me de base quer na minha instrução quer na minha educação… Para bom entendedor meia palavra basta...

Por fim, uma noticia !

Sempre o mesmo…

Carlos Gil

 

Ministra admite que agressões a professores possam ser crime público (TSF)


PUBLICADO POR: carlosgil às 20:50
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido