Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007

Souselalentejo (Parlamento só tem onze verdadeiros doutores) e em Sousel?

Doutores, para mim, são todos aqueles que fazem um Doutoramento. Doutoramentos, não sei quantas pessoas em Sousel, o fizeram, só sei que foram muito poucas. Acho que os dedos de uma mão talvez cheguem para os contar e parte deles, não residem cá.

Não por ignorância, mas sim para poder fundamentar tudo o que eu penso sobre quem realmente deverá ser chamado de Doutor e pelo facto de muitos e muitos Portugueses entre os quais muitos Souselenses, gostarem do Dr. antes do nome pelo qual foram registados, fica uma noticia do Diário de Noticias, que ilustra bem, o que são Doutores, licenciados,  Mestrados, bacharéis etc…etc…etc…

Muitos homens passam por sábios graças à ignorância dos outros.
(Autor desconhecido)

Basta clicar e  ler …

http://dn.sapo.pt/2007/04/16/nacional/parlamento_tem_onze_verdadeiros_dout.html


PUBLICADO POR: carlosgil às 18:36
LINK DO POST | COMENTAR | Adicionar aos favoritos
18 comentários:
De Anónimo a 31 de Agosto de 2007 às 23:33
Doutora? de quê? o mal está naqueles que a querem fazer mais do que aquilo que realmente é. Esquece-se do seu passado? quer que lhe lembre?... fiquemos por aqui.


De Anónimo a 2 de Setembro de 2007 às 14:05
Se a vaidade desse cmpetencia, mas não,pelo contrário, os titulos que no fundo nao passam de ilusões, pq nao o teem, só dão despesas ao país. HAJA PACIENCIA PARA ATURAR INCOMPETENTES QUE SE JULGAM O QUE REALMENTE NAO SAO.


De GIL a 27 de Agosto de 2007 às 19:38
Por motivo de ausência só agora posso-lhe responder, o qual peço desde já minhas desculpas.
Parece que algo neste Post desagradou-a, senão não teria descido tão baixo , ao ponto de chamar-me ignorante, sem sequer se ter identificado. Isso não é próprio de quem se julga Doutor, ou de quem , deveria ter e não tem, educação própria de quem é formado seja lá naquilo que for. Contudo e para lhe responder:
1º - Nada tenho contra os Doutores, aos verdadeiros claros.
2º - Já vi que não leu o artigo do Diário de notícias que fiz questão em colar o endereço no Post para que fiquemos todos mais elucidados.
3º - Com o Português que a Sr.ª utiliza, questiono seriamente que raio de curso e de diplomas é que se dá em Portugal a alguém que utiliza tão mal as construções frásicas.
Ex.: Diz a Senhora: “venho explicar-lhe que uma pessoa que faz um doutoramento se chama Professor Doutor e uma pessoa que faz uma licenciatura é Doutora simplesmente.” Grande pontapé na gramática Sr.ª Doutora. A Srª Doutora deveria fazer Jus ao seu canudo e dizer…venho explicar-lhe que uma pessoa que faz um doutoramento chama-se Professor Doutor e uma pessoa que faz uma licenciatura é Doutor simplesmente. Mas aulas de Português, quem sou eu para as dar? Ninguém, até que nem sou formado em coisa alguma.
4º- A Srª pelos argumentos que utilizou, não é Doutora nem coisa que lhe valha. Aconselho-a a ler o artigo, cujo mesmo colei ao post para que não se fique na ignorância. Apresente lá uma tese, tire lá o seu Doutoramento, e eu terei o máximo prazer em chamar-lhe Doutora, isso se a Exma. Sr.ª Dr.ª tiver coragem para se identificar claro.
Carlos Gil


De Il Doctore a 21 de Setembro de 2007 às 12:35
Que discussão tão interessante... medição do tamanho do canudo de cada um... mas enfim, se interessar a alguém aqui fica o esclarecimento: Doutor é o grau atribuído a quem faz um doutoramento, não tem necessariamente que ser professor, a não ser que faça disso profissão claro. A um licenciado o título atribuído é adivinhem?? licenciado, que deveria assinar abreviadamente como lic. e não como dr, e a quem tirou um mestrado o título académico é, pasme-se: mestre. Tudo o resto são invenções de quem ter uma titulação para a qual não adquiriu habilitação académica legal.


De andre a 26 de Agosto de 2007 às 11:24
doutores sem canudo é o que á mais dentro da CMS e não só, a maior parte faz-se passar por isso mas de doutoramento não tem nada, enfim é o portugal que vivemos


andre


De canense anonimo a 25 de Agosto de 2007 às 13:24
pois 'e , parece que para os lados de Sousel , principalmente na nossa Camara usa-se muito e até fazem questão de se chamarem por Sr ou Srª Drª:-olhe só um momento, esse assunto é com a Drª ou com o Sr Dr.tal.
Meus Srs não é no Dr ou Drª que se vê a capacidades das pessoas ou o seu grau de inteligência do ser humano , mas sim nas suas obras do dia a dia em ajudar e preocupar com as PESSOAS esses sim para mim são os VERDADEIROS DOUTORES .


De Anónimo a 25 de Agosto de 2007 às 02:42
Tendo verificado a sua ignorância em matéria de habilitações literárias, parece que não é caso único, venho explicar-lhe que uma pessoa que faz um doutoramento se chama Professor Doutor e uma pessoa que faz uma licenciatura é Doutora simplesmente. Entre estes titulos há os Mestres e abaixo dos Doutores há os Bacharéis. A diferença entre os vários titulos serve para se perceber que o nivel de conhecimentos é diferente. Quanto a mim sou licenciada em economia, logo, sou doutora, mas posso garantir-lhe que se estiver comigo não o saberá, pois não faço questão do titulo.


De Cidadão a 25 de Agosto de 2007 às 14:14
Na minha opinião um licenciado é um licenciado e não Doutor! Eu também sou licenciado e não admito que me tratem por doutor pois não o sou. Para se ser Doutor deve fazer-se um Doutoramento e esses contam-se pelos dedos das mãos!
Na minha faculdade tive apenas um Professor Doutor, esse facto deve-se a apenas ser concedido esse grau académico a quem tem um doutoramento ou mais, especialização e experiência na área de estudo, se apenas tiver um doutoramento é Doutor e não Professor Doutor!
Mas é apenas a minha opinião cada um puxa os galões como lhe apetece! Embora ache que as pessoas não se devem pavonear com o curso que tiraram (pelo qual tem mérito), mas sim pelas acções e funções de desempenham.
Uma pessoa que entra por cunha em algum lado nunca deverá gabar-se do local onde está pois tirou o lugar a quem realmente tinha capacidades!


De GIL a 27 de Agosto de 2007 às 19:37
Por motivo de ausência só agora posso-lhe responder, o qual peço desde já minhas desculpas.
Parece que algo neste Post desagradou-a, senão não teria descido tão baixo , ao ponto de chamar-me ignorante, sem sequer se ter identificado. Isso não é próprio de quem se julga Doutor, ou de quem , deveria ter e não tem, educação própria de quem é formado seja lá naquilo que for. Contudo e para lhe responder:
1º - Nada tenho contra os Doutores, aos verdadeiros claros.
2º - Já vi que não leu o artigo do Diário de notícias que fiz questão em colar o endereço no Post para que fiquemos todos mais elucidados.
3º - Com o Português que a Sr.ª utiliza, questiono seriamente que raio de curso e de diplomas é que se dá em Portugal a alguém que utiliza tão mal as construções frásicas.
Ex.: Diz a Senhora: “venho explicar-lhe que uma pessoa que faz um doutoramento se chama Professor Doutor e uma pessoa que faz uma licenciatura é Doutora simplesmente.” Grande pontapé na gramática Sr.ª Doutora. A Srª Doutora deveria fazer Jus ao seu canudo e dizer…venho explicar-lhe que uma pessoa que faz um doutoramento chama-se Professor Doutor e uma pessoa que faz uma licenciatura é Doutor simplesmente. Mas aulas de Português, quem sou eu para as dar? Ninguém, até que nem sou formado em coisa alguma.
4º- A Srª pelos argumentos que utilizou, não é Doutora nem coisa que lhe valha. Aconselho-a a ler o artigo, cujo mesmo colei ao post para que não se fique na ignorância. Apresente lá uma tese, tire lá o seu Doutoramento, e eu terei o máximo prazer em chamar-lhe Doutora, isso se a Exma. Sr.ª Dr.ª tiver coragem para se identificar claro.
Carlos Gil


De Cidadão a 28 de Agosto de 2007 às 17:25
Assim é que se fala!

Muito bem, Parabéns


De Daniel Luís a 23 de Julho de 2008 às 02:26
Boa noite,
Apesar de, de facto, não saber qual das duas hierarquias de títulos é a correcta (o que é verdade é que já ouvi, por mais que uma vez, as duas versões), o que me leva a escrever este post é outro motivo. De facto a pessoa que não se identifica e a quem chama "doutora" utilizou o género correcto, porque que saiba pessoa é do género feminino e logo deve haver concordância. Para além disso, mencionou que teria todo o gosto em tratá-la por doutora caso fizesse doutoramento... Não vejo o porque dessa situação se a pessoa em causa até deixou bem claro que não faz questão de ver-lhe associado um título. Em breve, se tudo correr bem, terei uma licenciatura em bioquímica e é-me indiferente se me vão tratar por licenciado, doutor ou até senhor, porque acho que as pessoas devem sim ser valorizadas pelo seu trabalho e dedicação. Tratar alguém por sr, lic ou dr demonstra respeito e boa educação, quer corresponda, ou não, ao estatuto académico real. De facto, não considero correcto que tirem partido excessivo de um estatuto que não lhes pertence, mas também não me parece bem que outras pessoas percam tempo a tentar "desmascarar" falsos-estatutos e a cair na tentação da má língua quando existem outros problemas bem mais graves, os parece ninguém querer ver.


De carlosgil a 23 de Julho de 2008 às 10:59
Se clicar no link http://dn.sapo.pt/2007/04/16/nacional/parlamento_tem_onze_verdadeiros_dout.html

terá a resposta á 1ª parte do seu comentário.
Carlos Gil


De ana gil a 30 de Agosto de 2007 às 22:11
Sr.a Doutora, licenciada em economia, saiba a senhora que para se ter o DR tem que se percorrer um longo caminho, terá que apresentar uma tese para efectuar o tão bendito DR... saiba que as pessoas quando nascem são registadas pelos nomes por Ex: Maria, Joana, António etc, se você fosse uma pessoa humilde era assim que pensaria, provavelmente a senhora também é daquelas que quando pedem emissão de cheques, diz "eu quero o DR. antes do Nome" realmente émesmo ignorante!
As pessoas valem pelo seu coração, pela sua humildade, não pelos cursos que tiram que por vezes são "tirados" em universidades particulares!!!
Eu realmente não tirei nenhum curso superior, mas que o tivesse jamais issi serviria para inferiorizar fosse quem fosse, saiba a "Sr.a Doutora que quando nascemos, nascemos nús sem nada, e quando morremos, sim porque desse dia ninguém escapa, vamos para debaixo da terra" percebe o que quero dizer é que somos todos iguais ninguém é mais ou menos, somos seres humanos com virtudes e defeitos!

Ana Rosa Gil


De Anónimo a 21 de Setembro de 2007 às 14:39
MAS SEM CÁBULAS EIM?


De Anónimo a 31 de Agosto de 2007 às 13:59
Deixe de dizer parvoeiras e tire lá essa coisa do doutoramento se quer ser a senhora doutora. Raio de país este ...treceiro mundo autentico.


De Anónimo a 5 de Setembro de 2007 às 14:46
Minha cara, uma pessoa que faz uma licenciatura também pode ser Engº, mais um Engº pode fazer um Douturamento e não ser professor. E a senhora deveria saber que existe uma diferença, que é Doutor(a) e Dr(a). Não é só professores que fazem teses de douturamento (esses fazenas para subirem de posto), no sector privado também se faz investigação, as pessoas frequentam uma instituição e apresentam a tese.

Cumprimentos


De Anónimo a 21 de Setembro de 2007 às 12:43
Doutora???? a dizer disparates desses só se for doutora da burrice. Nem os graus académicos a exa. sabe catano. Xiii... isto há com cada cromo.


De Anónimo a 25 de Agosto de 2007 às 02:26
nnnnnn


Comentar post

O souselalentejo agradece a todos aqueles que nos visitam diariamente e que queiram fazer deste uma fonte de informação, divulgação e opinião. Mais uma vez se informa que este blog é gratuito, e não tem como finalidade qualquer factor de ordem lucrativa. CONTACTOS: souselalentejo@sapo.pt TRADUZA ESTA PÁGINA PARA INGLÊS/IT TRANSLATES THIS BLOG FOR ENGLISH/TRADUISE CELUI-CI BLOG POUR ANGLAIS juegos gratis

Pesquisar neste blog

 

ARQUIVOS

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


LINKS

Blog Protegido

EUROMILHÕES

Gil Souselalentejo Sousel

Cria o teu cartão de visita
http://profile.imeem.com/uepcVJ/playlist/_uCmDtBY/

blog protegido